Dr. Cristiano Nabuco

Estudo associa o uso excessivo de redes sociais ao narcisismo

Dr. Cristiano Nabuco

© mtkang – Fotolia.com

A pesquisa, que acabou de ser publicada no Computers in Human Behavior revelou que o uso excessivo das redes sociais, como o twitter e o facebook, revela traços de narcisismo pessoal. Pessoas que pontuaram mais em escalas que mediam o narcisismo foram aquelas que mais postavam ao longo do dia.

Se você ainda não sabe, narcisista é aquela pessoa que se julga grandiosa e com necessidades excessivas de admiração e aprovação.

Quando se fala em aprovação, é evidente que sempre há um espaço entre como eu me vejo e como os outros me veem e neste sentido, para os pesquisadores, as redes sociais teriam então o poder de atuar neste segmento.

Eu explico: você já deve ter percebido que nas redes sociais há todo o tipo de postagens, digo, de pessoas. Há aquelas que ocasionalmente publicam alguma coisa, outras que usam as redes de maneira mais frequente e, finalmente, aquelas que dividem absolutamente tudo que fazem em sua vida, como, por exemplo, a foto do prato de comida que acabaram de receber no restaurante – e é destas que estamos falando.

As redes sociais, para elas, servem para cuidar de sua imagem pública e também para averiguar como as outras pessoas respondem a ela. Embora os adultos já possuam um conceito de si mesmo mais estruturado, as publicações em demasia serviriam para controlar sua aceitação social, funcionando, portanto, como um verdadeiro espelho. Assim, para os narcisistas, a lógica por trás destas ações seria: “quanto mais eu posto, mais mantenho minhas relações”.

No caso dos jovens, o uso destas redes já serviria a outros propósitos como o de, por exemplo, supervalorizar suas opiniões, pois como ainda são naturalmente mais inseguros e em uma fase de construção de identidade pessoal, quanto mais atuarem, mais ampliarão sua rede de relacionamentos.

Vale lembrar que, em ambos os casos (jovens ou adultos), tais pessoas gastam muito mais tempo atualizando suas páginas, respondendo às observações e comentando os posts dos outros.

O tiro pode sair pela culatra

Sim, é verdade. A lógica destes indivíduos até que está correta, ou seja, quanto mais eu me comunico, maiores são as chances de ser lembrado. Entretanto, o que ninguém ainda percebeu é que esta conduta pode trazer outro tipo de consequência.

Raciocine comigo: Quando uma pessoa tende a buscar aprovações sistemáticas e contato pessoal em excesso, seja na vida real ou na vida virtual, o exagero pode fazer com que estas pessoas comecem no final das contas a serem evitadas, pois rapidamente se tornam inoportunas. E, desta forma, um verdadeiro círculo vicioso é criado.

Moral da história: o tiro sai pela culatra e narcisistas podem se tornar cada vez mais repudiados, perpetuando assim suas inseguranças pela falta de habilidade em lidar com suas questões pessoais.Vamos lembrar que o narcisismo, nada mais é do que um mecanismo de compensação psicológica, onde indivíduos com baixa autoestima necessitam de maior aprovação, pois ela neutralizaria os sentimentos de insegurança. Porém, quanto mais inadequada essa pessoa se torna perante o grupo, por exigir afeto demasiado, mais evitada ela se torna, gerando assim um efeito rebote de maior rejeição social.

E você leitor, me diga: Já pensou nisso?… Afinal de contas, você usa as redes sociais com qual objetivo?… O de partilhar de maneira sensata suas experiências de vida ou usa a internet exageradamente como vitrine para garantir aprovação de seu grupo?

Seria bom pensar no assunto.

Fica a dica: da próxima vez que você for publicar alguma coisa, fique atento para não exagerar na dose. Neste caso, use sempre o bom-senso, pois ele poderá lhe valer uma maior ou menor aceitação social.